MEC autoriza curso de Medicina Veterinária para a Faculdade Guanambi

O Ministério da Educação (MEC) publicou, no Diário Oficial da União desta quarta-feira (6), autorização para o funcionamento do curso de Medicina Veterinária na Faculdade Guanambi (FG). Serão oferecidas 100 vagas anuais e a autorização do MEC já vale para o vestibular 2015.2. O curso de Medicina Veterinária é uma resposta à demanda por profissionais da área na região, que chega a absorver mão de obra especializada de outros estados.

A autorização de Veterinária faz parte de uma perspectiva de expansão da FG, no sentido de fomentar a produção de conhecimento no contexto regional. Como o primeiro Mestrado em Direito do interior do Nordeste e a autorização do curso de Engenharia Civil, o curso de Medicina Veterinária abre um leque de oportunidades para estudantes do semiárido baiano, que não precisam mais se deslocar para os grandes centros para ter acesso a um ensino superior de qualidade.

“A autorização do curso de Medicina Veterinária é mais um marco importante no desenvolvimento econômico e social da região. A Faculdade Guanambi vem cumprindo um papel central e decisivo no fomento à produção de conhecimento voltado para nossa realidade e preparação de profissionais que atuam com excelência em Guanambi e região ”, afirma Felipe Duarte, diretor geral da FG.

Georgheton Nogueira, diretor acadêmico e administrativo, destaca que o fluxograma do curso foi adaptado para às necessidades regionais, contendo, além das disciplinas tradicionais, conteúdos voltados para o contexto da Medicina Veterinária a partir das características sociais, econômicas e ambientais do semiárido baiano.

O curso – O curso de Medicina Veterinária da FG tem como objetivo formar profissionais éticos, com visão crítica e humanista, conscientes de sua responsabilidade social e com sólida formação científica, tecnológica e profissional geral. O Médico Veterinário egresso da FG será um profissional capaz desenvolver ações na área de ciências agrárias, no que se refere à saúde animal e clínica veterinária; saneamento ambiental e medicina Veterinária preventiva; saúde pública e inspeção; tecnologia de produtos de origem animal; zootecnia; produção e reprodução animal e proteção ao meio ambiente.

gbi22

Top